CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Mercados por TradingView

CDB X LCI X LCA: qual rende mais?

2 de agosto de 2022
Escrito por Syntax Finance
Tempo de leitura: 8 min
Compartilhar
CSB x LCI x LCA: o que rende mais? - ilustração de uma nota de rendimento

Investir em CDB, Letra de Crédito Imobiliário e Letra de Crédito do Agronegócio é uma excelente alternativa para quem buscar diversificar o portfólio utilizando a renda fixa.

Mas afinal, você sabe qual dessas aplicações financeiras oferecem a melhor rentabilidade e qual o título ideal para o seu portfólio?

A seguir, confira as diferenças entre o CDB, LCA e LCI e saiba qual desses títulos rende mais. Assim, você, certamente, terá escolhas mais assertivas e aumentará as suas chances de sucesso.

Veja como abordaremos esse tema:
O que é CDB?
O que é LCI e LCA?
Qual a diferença entre CDB x LCI X LCA?
Qual a rentabilidade de cada investimento?
Como calcular a tributação do CDB?
Como funciona a liquidez do CDB, LCI e LCA?
Qual o principal risco de investir em CDB, LCI ou LCA?
Vantagens e desvantagens do CDB
Vantagens e desvantagens da LCI / LCA
CDB, LCI ou LCA: qual aplicação rende mais?
Como comparar os rendimentos desses títulos de renda fixa?
Vale a pena investir em CDB, LCI e LCA?
Considerações sobre investir em CDB, LCI e LCA

Ao término desta leitura, esperamos que você se sinta seguro para escolher entre as alternativas de renda fixa a que melhor atende aos seus objetivos e perfil de investidor.

O que é CDB?

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é um título de renda fixa emitido exclusivamente por bancos e disponibilizado ao público geral como forma dessas organizações arrecadarem recursos para viabilizarem suas operações de crédito.

Aqueles que adquirem esses ativos são remunerados com juros definidos no momento da aplicação e prazos que variam de acordo com a instituição financeira emissora.

Em geral, os CDBs são utilizados por muitos investidores conservadores devido a sua baixa exposição ao risco.

O que é LCI e LCA?

As Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e as Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) são ativos de renda fixa também emitidos por bancos a fim de captar recursos para financiar o setor imobiliário e do agronegócio, respectivamente.

Asim como o CDB, essas aplicações contam com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), por isso também são consideradas seguras pelos investidores.

Qual a diferença entre CDB x LCI x LCA?

A principal entre o CDB e as LCIs e LCAs está no tipo de tributação que incide sobre os rendimentos de cada um dos títulos.

Embora pertençam à mesma classe de ativos, o CDB é tributado conforme a tabela regressiva do imposto de renda. Já as Letras de Crédito Imobiliário e do Agronegócio são isentas de imposto de renda para pessoa física.

Qual a rentabilidade de cada investimento?

A rentabilidade dos CDBs é baseada no tipo de remuneração utilizad pelo título, podendo ser:

  • Prefixado, cuja taxa de juros é previamente estabelecida;
  • Pós-fixado, indexado ao CDI;
  • Híbrido, atrelado a inflação acrescido de uma taxa prefixada.

As LCIs e LCAs seguem essa mesma dinâmica e possuem uma taxa de retorno semelhante, sendo o destino final do recurso captado a principal diferença entre elas.

Normalmente, as Letras de Crédito do Agronegócio e Imobiliário são vistas como mais rentáveis devido ao benefício fiscal concedido ao investidor pessoa física.

Como calcular a tributação do CDB?

Para calcular o IR cobrado sobre os rendimentos conquistados no CDB, antes você precisa conhecer as alíquotas da tabela regressiva do imposto de renda. Nela, a alíquota máxima é de 22,5% para aplicações de até 180 dias e reduz para 15% após 720 dias. Veja:

Aplicação de até/ entre (dias) Alíquota %
180 22,5%
181 e 360 20%
361 e 720 17,5%
Maiores que 720 dias 15%

Atenção: os CDBs negociados entre o primeiro e o 29° dia do início da aplicação estão sujeitos a incidência de Imposto sobre as Operações Financeiras (IOF), cuja cobrança vai de 96% a 3%.

Como funciona a liquidez do CDB, LCI e LCA?

Os CDBs possuem diferentes prazos de liquidação. Alguns papéis têm alta liquidez e podem ser resgatados a qualquer momento, enquanto outros possuem vencimentos mais longos, por isso remuneram melhor seus investidores.

as LCIs e LCAs costumam ter baixa liquidez, além de contarem com um prazo de carência estabelecido pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Se resgatados antes do vencimento, as Letras de Crédito podem ter o seu rendimento comprometido.

Qual o principal risco de investir em CDB, LCI ou LCA?

Tanto o CDB quanto as LCIs e LCAs são ativos que envolvem operações de crédito, sendo este o principal risco dessa modalidade de investimento.

Na prática, isso significa que a instituição emissora dos títulos pode não honrar com seus compromissos financeiros. Logo, essas aplicações possuem risco de crédito.

Contudo, o CDB, a LCA e a LCI são assegurados pelo Fundo Garantidor de Crédito – FGC, uma entidade privada, sem fins lucrativos, que garante a proteção do capital dos investidores, limitada ao valor de R$ 250 mil por CPF e instituição.

Além desses ativos, outros tipos de investimentos também contam com essa garantia, como a poupança, Letra de Câmbio (LC), Recibos de Depósito Bancário (RDB) e Letra Hipotecária (LH).

Vantagens e desvantagens do CDB

O CDB é um ativo de baixo risco, acessível a vários tipos de investidores. Esse título pode ser utilizado tanto para a reserva de emergência, quanto como margem garantia para operações em contratos futuros na bolsa de valores.

Além de não sofrerem com a cobrança do come-cotas e de taxas de administração, os CDBs ainda contam com a garantia do FGC.

Por outro lado, a tributação pode comprometer o lucro líquido da aplicação dependendo da taxa negociada e do prazo de vencimento do título.

Neste caso, investir em CDBs emitidos por bancos menores, que oferecem taxas mais atrativas, pode ser uma alternativa interessante. No entanto, lembre-se de respeitar o limite do FGC.

Vantagens e desvantagens da LCI / LCA

Das vantagens que o investimento em LCI / LCA oferece, a isenção de imposto de renda destaca-se.

Assim como o CDB, essas letras de crédito também contam com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito, por este motivo são consideradas de baixo risco.

Em contrapartida, as LCIs e LCAs não possuem liquidez diária e devem respeitar o prazo mínimo (carência), sendo uma desvantagem para aqueles com horizonte de curtíssimo prazo.

CDB, LCI ou LCA: qual aplicação rende mais?

Depende! A rentabilidade de um CDB, LCI ou LCA está diretamente relacionada a taxa de retorno negociada e ao prazo de aplicação do papel.

Os títulos com vencimentos mais longos, por exemplo, costumam pagar melhores rendimentos, especialmente quando comparados àqueles com liquidez diária.

As condições do mercado também refletem nos resultados. Em cenários de taxas de juros altas, as aplicações pós-fixadas tendem a se beneficiar.

Portanto, na hora de investir, não considere apenas a taxa de retorno oferecida, mas sim qual delesmelhor atende as suas necessidades, objetivos e horizonte de investimento.

Como comparar os rendimentos desses títulos de renda fixa?

Para saber qual desses títulos oferece os melhores rendimentos, você pode calcular a taxa de retorno de um CDB em comparação a uma LCI ou LCA utilizando a fórmula abaixo:

Taxa de retorno equivalente = Taxa do CDB em % x [1 – (alíquota de IR em % / 100)]

Na prática, imagine que você tem a opção de investir em um CDB pós-fixado, negociado a 115% do CDI e com vencimento de 1 ano ou em uma LCA negociada a 90%, do CDI, nas mesmas condições do CDB.

Ao calcular a taxa de retorno final do CDB, observe que o rendimento líquido de IR, neste caso, seria de 92%. Isso mostra que mesmo tributado, o desempenho do CDB seria melhor que o da LCA.

Por isso, não pense que as aplicações com isenção de imposto de renda terão sempre a melhor taxa de rentabilidade. Vale ressaltar que o prazo da aplicação também impacta no resultado, afinal a carga tributária reduz com o tempo.

Vale a pena investir em CDB, LCI e LCA?

O CDB, LCI e LCA são excelentes instrumentos de diversificação e podem contribuir com a performance de uma carteira de investimentos, principalmente porqueesses títulos de renda fixapossuem diferentes funcionalidades em um portfólio.

Isso faz com que eles sejam interessantes tanto para os mais conservadores, com objetivos de curto prazo, quanto para aqueles com perfil de investidor moderado a arrojado que visam retorno no médio a longo prazo.

Considerações sobre investir em CDB, LCI e LCA

Agora que você teve acesso a todas essas informações, avalie qual desses títulos podem melhorar ainda mais o desempenho de seus investimentos.

Lembre-se que você não precisa, necessariamente, optar por apenas um dos tipos apresentados. É possível investir em CDB, LCI e LCA simultaneamente. Afinal, uma carteira diversificada tende a ter melhores resultados.

Quer saber mais sobre outras opções de investimentos de renda fixa? Então continue conosco e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre o mercado financeiro.

Aproveite para consolidar seu conhecimento ao conhecer O Guia Financeiro VIP!

Na Guide, você encontra os melhores ativos do mercado brasileiro para diversificar o seu portfólio.

Se você ainda não é cliente, abra sua conta na Guide Investimentos e invista com quem te entende!

Você pode se interessar também por:

[IN-CONTENT] ABRA SUA CONTA [NOVO] - NORMAL - END
Compartilhar artigo

Baixe agora o E-book Relatório Anual 2024 - O ano da virada

Enviando...

Veja também

Fique por dentro

Assine a nossa newsletter semanal

e não perca nenhuma novidade do nosso portal gratuito e da área de assinante com conteúdo exclusivo!

/ Enviando...