CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Mercados por TradingView

Home equity: o que é e quais as vantagens desse empréstimo?

31 de janeiro de 2024
Escrito por Guide Investimentos
Tempo de leitura: 6 min
Compartilhar
imagem ilustrativa

Em diversas situações, acessar um empréstimo é um recurso válido para auxiliar você a alcançar objetivos ou resolver pendências. No entanto, é preciso conhecer e analisar as opções disponíveis no mercado financeiro, buscando as mais vantajosas para as suas finanças.

Com o surgimento de fintechs e empresas de soluções de crédito, o home equity é uma alternativa que está se popularizando no Brasil. Essa modalidade, comum em outros países, pode ser uma forma viável de utilizar o seu imóvel quitado para conseguir um empréstimo com condições atrativas.

Neste artigo, você entenderá o conceito e funcionamento desse tipo de crédito, além de conhecer as suas principais vantagens. Confira!

O que é home equity?

O home equity, conhecido como empréstimo com garantia de imóvel, é uma modalidade na qual o solicitador do crédito utiliza o seu bem imobiliário para assegurar o pagamento. Sendo assim, a propriedade fica vinculada à instituição credora até que a dívida seja quitada.

O processo de transferência de propriedade ocorre por meio de alienação, que é registrada na matrícula do imóvel. Nesse contexto, o devedor ainda pode usufruir e ter a posse do imóvel, mas ele deixa de ter a propriedade do bem até concluir o pagamento integral do compromisso.

Logo, a alienação certifica que o tomador não venderá o imóvel, nem o usará como garantia para outros empréstimos enquanto a dívida estiver em aberto. Esse procedimento jurídico visa trazer segurança para as instituições que oferecem esse tipo de crédito.

Como esse empréstimo funciona?

Agora que você sabe o que é home equity, é o momento de entender como essa modalidade de empréstimo com garantia de imóvel funciona. Desse modo, você compreenderá os processos envolvidos na solicitação do recurso e poderá utilizar o conhecimento adquirido ao decidir acessá-lo.

Quem opta pelo home equity pode receber todo o dinheiro acordado em uma única parcela. Além disso, diferentemente de um financiamento tradicional, é possível usar o montante recebido da forma que quiser, sem precisar justificar o propósito durante a solicitação.

Portanto, se o seu empréstimo for aprovado, você pode aproveitar os recursos financeiros para qualquer finalidade. São exemplos: iniciar um novo negócio, reformar outra propriedade, realizar uma viagem, entre outros.

Para autorizar e disponibilizar o crédito, a instituição provedora realiza uma análise do imóvel envolvido. Nesse processo, ela avalia o valor do bem e a sua adequação aos critérios estabelecidos.

Essa etapa é fundamental para definir qual será o montante emprestado, uma vez que a quantia se baseia em um percentual sobre o valor total do imóvel. No entanto, da mesma forma que as condições de pagamento da dívida, essa porcentagem pode variar entre cada instituição credora.

Por fim, é fundamental você saber que pessoas físicas e jurídicas conseguem contratar essa modalidade de empréstimo com garantia de imóvel. Dessa forma, tanto os bens registrados em CPFs quanto os pertencentes a CNPJs podem ser utilizados para obtenção desse crédito.

Quais as vantagens desse tipo de empréstimo?

Após compreender o funcionamento do home equity, é essencial conhecer os benefícios de contratá-lo. Dessa maneira, você poderá compará-lo a outras modalidades de crédito disponíveis e entender qual é a mais adequada às suas demandas financeiras.

A seguir, veja as principais vantagens de realizar um empréstimo com garantia de imóvel!

Taxas de juros atrativas

As altas taxas de juros podem ser um dos principais empecilhos encontrados quando você estiver estudando diferentes tipos de empréstimo. Afinal, fatores como o alto risco de inadimplência e o aumento da Selic — taxa básica de juros da economia — influenciam essa cobrança.

Nesse cenário, o home equity se destaca em relação às outras modalidades, já que costuma oferecer juros abaixo da média. Isso acontece porque o imóvel, utilizado como garantia de pagamento, reduz o risco assumido pela instituição que concede o crédito.

Altos valores disponibilizados

Outra vantagem do home equity é a possibilidade de você receber, com maior facilidade, quantias mais altas em comparação a outros tipos de empréstimo. Como você viu, o percentual é definido com base no valor total do imóvel, que costuma ser um bem de custo elevado.

Para exemplificar, considere um cenário em que você possui uma propriedade avaliada em R$ 500 mil e consegue encontrar uma instituição viabilizando um empréstimo de até 60% do valor dela. Nessa circunstância, você poderá receber um montante de R$ 300 mil com o home equity.

Longos prazos de pagamento

A maioria das modalidades de empréstimo costuma oferecer prazos de pagamento mais curtos e pouco flexíveis. Desse modo, você tende a se expor a parcelas mais altas, aumentando as chances de atraso e até inviabilizando o crédito.

No home equity, é possível encontrar instituições oferecendo prazos de até 240 meses, ou seja, 20 anos. Ademais, elas permitem a quitação adiantada de parcelas, possibilitando a redução desse prazo. Ao somar esse fator às taxas de juros mais baixas, você pode adquirir parcelas mais acessíveis.

Praticidade e pouca burocracia

Pensando na economia de tempo, diversas instituições, fintechs e empresas de solução de crédito já viabilizam a solicitação do empréstimo com garantia de imóvel de forma 100% digital. Por meio de suas plataformas, você consegue simular os valores e requisitá-los.

Além disso, o recebimento do montante solicitado costuma ser rápido. Se a documentação necessária para o processo de alienação estiver em conformidade e a sua propriedade se adequar às regras exigidas, você pode receber o valor em até 15 dias, por exemplo.

Quais tipos de imóveis não são permitidos no home equity?

Você conheceu as principais vantagens que tornam o empréstimo com garantia de imóvel uma oportunidade atrativa. Contudo, antes de solicitá-lo, você precisa entender que esse procedimento não aceita a utilização de todos os tipos de propriedades.

Confira quais imóveis não são permitidos no home equity:

  • localizados fora de áreas urbanas;
  • instalados em áreas de ocupação;
  • situados em áreas de risco, definidas pela defesa civil;
  • lotes ou terrenos com área construída, ou em fase de construção;
  • imóveis em fase de construção ou reforma estrutural;
  • imóveis tombados;
  • bens multifamiliares;
  • imóveis ou terrenos que registrados como bem familiar;
  • imóveis e terrenos em processo de inventário;
  • terrenos rurais;
  • sítios, fazendas e chácaras;
  • terrenos em áreas de preservação permanente;
  • imóveis construídos em madeira;
  • galpões.

Neste artigo, você aprendeu o que é home equity e viu que as baixas taxas de juros, condições de pagamento atrativas e os valores oferecidos são as principais vantagens dessa modalidade. Agora, você poderá avaliar se o empréstimo com garantia de imóvel é uma opção adequada às suas demandas.

As notícias sobre o setor imobiliário estão no seu foco? Então veja quais são as principais formas de investir em imóveis!

[IN-CONTENT] ABRA SUA CONTA [NOVO] - NORMAL - END

Baixe agora o E-book Relatório Anual 2024 - O ano da virada

Enviando...

Veja também

Fique por dentro

Assine a nossa newsletter semanal

e não perca nenhuma novidade do nosso portal gratuito e da área de assinante com conteúdo exclusivo!

/ Enviando...